Fisiocorpore

Saúde em primeiro lugar! Com 16 anos de mercado, a Fisiocorpore atua com os fundamentos da Fisioterapia em prol da saúde, da reabilitação funcional e do bem-estar das pessoas.

Dia Nacional do Fisioterapeuta

Equipe de Fisioterapeutas da Fisiocorpore

Equipe de Fisioterapeutas da Fisiocorpore

 

No dia 13 de outubro é comemorado o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional. Essa data foi escolhida por representar o dia da criação dessas profissões e era comemorada anualmente pela categoria, apesar de não ser reconhecida por lei. Mas, em janeiro de 2015, a então presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei nº 13.084, que estabeleceu oficialmente a celebração da data em todo território nacional.

 

A Fisioterapia é uma área da saúde envolvida com o estudo, a prevenção e o tratamento de lesões no corpo humano decorrentes de traumas e doenças adquiridas ou genéticas. O profissional dessa área é denominado de fisioterapeuta e deve ter formação acadêmica superior nessa área.

 

De acordo com o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), as diferentes áreas desse campo de atuação são fisioterapia clínica, saúde coletiva, educação e outras. Na fisioterapia clínica, o profissional está habilitado a atuar em hospitais, clínicas, centros de reabilitação, entre outras unidades de saúde. Na saúde coletiva, o fisioterapeuta é responsável por realizar ações que garantam a saúde de grupos de pessoas, podendo participar, por exemplo, de programas de fisioterapia do trabalho e de ações básicas de saúde. Na área da educação, o profissional pode atuar em cursos de graduação e pós-graduação, além de realizar pesquisas no campo. Por fim, a área classificada como “outras” engloba o desenvolvimento de equipamentos e produtos para fisioterapia e a atuação na área esportiva.

 

DEVERES DO FISIOTERAPEUTA:

– Elaborar o diagnóstico fisioterapêutico e interpretar laudos e exames propedêuticos e complementares, detectando as alterações cinéticofuncionais apresentadas;

– Prescrever, baseado no que foi constatado na avaliação físico funcional, as técnicas de tratamento fisioterapêuticas adequadas a cada caso;

– Reavaliar sistematicamente o paciente, reajustando ou alterando as condutas terapêuticas, assim como decidir pela alta fisioterapêutica;

– Emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios;

– Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços públicos e privados;

– Prestar consultoria a empresas, indústrias e entidades esportivas na área de sua competência;

– Ter sólida formação com referencial teórico-prático embasado em conhecimentos biológicos, humanos e sociais, biotecnológicos e fisioterapêuticos;

– Comunicar-se adequadamente com o paciente e seus familiares, lidar com as próprias frustrações e ser sensível ao sofrimento humano;

– Manter postura ética, visão humanística, senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania;

– O Fisioterapeuta é o responsável pelo seu paciente, devendo assim prestar socorro inicial caso haja algum imprevisto.

AÇÕES PROIBIDAS AO FISIOTERAPEUTA:

– É PROIBIDO receitar medicamentos. Caso o paciente necessite ser medicado, o mesmo deverá ser encaminhado a um médico;

– Atuar em Fisioterapia sem o registro no Crefito regional, prática que configur exercício ilegal da profissão;

– Fisioterapeuta NÃO fornece diagnósticos clínicos, e sim, cinesiológicos;

– Consultas Fisioterapêuticas só podem ser realizadas pessoalmente. Não é permitido realizá-las por telefone, redes sociais, entre outros meios;

– É PROIBIDO a divulgação de dados/fotos de pacientes sem a autorização do mesmo por escrito;

– Antes de qualquer tratamento, o Fisioterapeuta deverá AVALIAR seu paciente e fazer a sua ficha de anamnese. Esse registro tem que estar sempre atualizado e no local de tratamento;

– Auxiliar em Fisioterapia é um posto que já NÃO EXISTE ha alguns anos. Portanto, a prática dessa função é PROIBIDA;

– Venda de tratamentos por Fisioterapeutas em sites de compras coletivas É PROIBIDO;

– O Fisioterapeuta NÃO PODE fazer cirurgias e aplicar medicamentos.

Áreas de Atuação:

Fisioterapia

Saúde Coletiva

Educação

Home Care

Outras

Procedimentos Fisioterapêuticos – Atos Privativos

 

Todos os contidos na Resolução COFFITO 08/78 – arts. 1º 2º e 3º.

 

Para tanto o fisioterapeuta pode valer-se de exercícios específicos (cinesioterapia) ou utilizar técnicas que envolvem o emprego de aparelhos, dosando nesses casos a frequência, número de sessões terapêuticas e indicação do período de tempo de cada uma.

 

A escolha do tratamento adequado e a periodicidade devem ser definioas através do diagnóstico fisioterapêutico (anamnese) que é realizado no procedimento de consulta.

 

O Referencial Nacional de Honorários Fisioterapêuticos descreve com precisão e clareza os objetivos, componentes e tipos de Assistência Fisioterapêutica, indicando inclusive os níveis de complexidade.

Especialidades

Fisioterapia Pediátrica, Neonatológica e Hebeátrica

Especialidade que utiliza métodos e técnicas próprias para o tratamento de enfermidades em recém-nascidos, crianças e adolescentes.

Fisioterapia Gerontológica

Estuda, previne e trata as disfunções decorrentes do processo de envelhecimento, mediante a administração de condutas fisioterapêuticas, prevenindo problemas funcionais e promovendo a recuperação funcional global de pessoas idosas.

Fisioterapia Dermato Funcional

Especialidade da Fisioterapia que diagnostica, estuda e trata as afecções dermatológicas e intertegumentares.

Fisioterapia do Trabalho

Atua em empresas e/ou organizações detentoras de postos de trabalho, intervindo preventivamente e/ou terapeuticamente de maneira importante para a redução dos índices de doenças ocupacionais.

Fisioterapia Uroginecofuncional e Obstétrica

A Fisioterapia aplicada à uroginecologia tem como principal objetivo a prevenção e o tratamento de disfunções urinárias, fecais e sexuais, por meio de recursos diversos, entre eles a reeducação do assoalho pélvico e musculatura acessória, os quais serão submetidos a exercícios de fortalecimento. A Fisioterapia Obstétrica se baseia em promover uma melhor adaptação da mulher às mudanças do seu corpo no período de gestação, preparando todas as suas estruturas para o parto.

Fisioterapia Neurofuncional

Área da Fisioterapia que visa ao estudo, diagnóstico e tratamento de distúrbios neurológicos que envolvam ou não disfunções motoras. A fisioterapia neurofuncional induz ações terapêuticas para recuperação de funções, entre elas a coordenação motora, a força, o equilíbrio e a coordenação. A terapêutica em Fisioterapia Neurológica baseia-se em exercícios que promovam a restauração de funções motoras, de forma a resolver deficiências motrizes e aperfeiçoar padrões motores, com importante fundamentação nos princípios neurofisiológicos da facilitação neuromuscular proprioceptiva.

Fisioterapia Traumato-Ortopédico-Funcional

Estuda, diagnostica e trata as disfunções musculoesqueléticas, de origem ortopédica ou decorrente de traumatismos, além de doenças de origem reumatológica. Utiliza os recursos terapêuticos para aumentar a capacidade de movimentação, estimular a circulação e diminuir as dores de pacientes com fraturas, traumas musculares e entorses.

Fisioterapia Respiratória

Conjunto de procedimentos fisioterapêuticos que visam melhorar a dinâmica respiratória, remover secreções brônquicas, obtendo assim melhor função respiratória. Além das técnicas manuais, existem diversos equipamentos que auxiliam na obtenção destes resultados.

Fisioterapia Orofacial

Atua principalmente na saúde bucal em conjunto com a Odontologia, tratando de disfunções da articulação temporomandibular, além de tratar disfunções relacionadas à deglutição, sucção, problemas oculares, além de pré e pós-operatório de cirurgias plásticas faciais.

 

Fisioterapia Desportiva

Atua diretamente nas atividades esportivas, na preparação, prevenção e recuperação de lesões no processo de reabilitação de atletas em clubes, times, academias, etc.

Fisioterapia Manipulativa

A Fisioterapia Manipulativa Musculoesquelética ou Terapia Manual é uma área de especialização da Fisioterapia que lida com o manejo de condições neuro-músculo-esqueléticas, embasada no raciocínio clínico, usando abordagens de tratamento altamente específicas incluindo técnicas manuais e exercícios terapêuticos. A Terapia Manual também abrange e é conduzida pelos dados científicos disponíveis, evidências clínicas e pelo quadro biopsicosocial de cada paciente.

Fisioterapia Oncofuncional

A Fisioterapia Oncofuncional tem como objetivo preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade cinético funcional de órgãos e sistemas do paciente, assim como prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico.

 

Fisioterapia em Terapia Intensiva

A Fisioterapia aplicada na UTI tem uma visão geral do paciente, pois atua de maneira complexa no amplo gerenciamento do funcionamento do sistema respiratório e de todas as atividades correlacionadas com a otimização da função ventilatória.

O Fisioterapeuta também possui o objetivo de trabalhar a força dos músculos, diminuir a retração de tendões e evitar os vícios posturais que podem provocar contraturas e úlceras de pressão.

Fisioterapia em Home Care

É a Fisioterapia realizada diretamente na casa do paciente. Otimiza-se um plano de tratamento global.

Acupuntura

A acupuntura é o conjunto de conhecimentos teórico-empíricos da medicina chinesa tradicional que visa à terapia e a cura através de aplicações de agulhas e de moxas, além de outras técnicas.

Fisioterapia Cardiológica

Reabilitação Cardíaca como atividades necessárias para assegurar da melhor maneira possível as condições físicas, mentais e sociais do cardiopata, possibilitando seu retorno à comunidade e proporcionando vida ativa e produtiva.

Fisioterapia Ortóptica

A metodologia da Fisioterapia ocular está baseada no equilíbrio da musculatura intrínseca do olho e toda sua relação com as cadeias musculares e tem como objetivos: identificar as possíveis causas dos transtornos posturais através do desequilíbrio ocular; entender as relações entre os distúrbios visuais e os distúrbios cinéticos funcionais, assim como desenvolver habilidades no âmbito de prescrição de exercícios oculares para melhora do equilíbrio postural.

Fisioterapia na Reabilitação Vestibular

Consiste na realização de exercícios que podem reduzir e até mesmo eliminar os sintomas de tontura e desequilíbrio associados à uma desordem vestibular.

Fisioterapia na Reeducação Postural

O Fisioterapeuta utiliza técnicas para melhorar a postura do paciente, alongando, trabalhando a respiração, fortalecendo e melhorando a consciência corporal desse indivíduo.

Empreendedorismo e Gestão para Fisioterapeutas

Gestão de clínicas e consultórios, marketing estratégico em saúde, gestão financeira e Business Plan.

Perícia Judicial

No caso de um processo entre empresa/funcionário, o Fisioterapeuta realizará uma anamnese do funcionário e utilizará de testes específicos, entre outros recursos, além do seu conhecimento em Biomecânica, Análise Cinético Funcional e Anatomia para elaborar um Laudo Cinesiológicofuncional, que será anexado ao processo e encaminhado ao juiz que julgará o caso.

 

Símbolo

RESOLUÇÃO nº 232, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2002
Dispõe sobre o Símbolo
Oficial da Fisioterapia e dá outras providências.

CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL – COFFITO, na 97ª Reunião, realizada em 2002, aprovou e oficializou o símbolo da Fisioterapia conhecido hoje por todos.

Esse símbolo tem por objetivo ajudar a identificar a profissão, seprando-as das demais e tornando-a única e distinta. Esse símbolo deve ser considerado como um todo, NÃO PODENDO, PORTANTO, ser alterado em suas formas, proporções e cores.

O significado da simbologia, segundo Tribuzy:

– A serpente (na Fisioterapia são 2, entrelaçadas no raio de cima para baixo, uma delas da esquerda para a direita e outra da direita para a esquerda) é, há milênios, associada a sabedoria e a transmissão e utilização do conhecimento apreendido de forma sábia. Serpentes representam o curso da energia no corpo humano, na mesma direção que se postam as serpentes, a energia termina na cabeça, sede de toda a concentração vital. Estão entrelaçadas para demonstrar o elo entre os atributos de natureza humana, social e profissional.

– O raio, com seu brilho intenso, é uma forma, utilizada desde a antiguidade para transmitir e identificar, de forma consciente, os valores e práticas corretas de vida. O raio entre as serpentes remete a união entre a consciência individual e as técnicas utilizadas pela terapia (técnicas elétricas) e sua cor amarela significa luz, claridade.

– A cor verde simboliza a saúde.

– O camafeu está relacionado a capacidade mística de atrair saúde e boa sorte.

– Anel: Na Grécia e Roma, os anéis eram ofertados como símbolo de honra e louvor por serviços prestados. Nas profissões, os anéis representam os graus, ou seja, evidenciam a qualificação em determinado campo do conhecimento.

Suas combinações nos remetem a um estado harmônico necessário à reflexão de tudo o que propomos), cuja aura é violeta e que tem a capacidade de transmutar a doença em saúde.

Esse conjunto de símbolos, foi assim representado com o propósito de caracterizar nossa área de atuação, representando o fisioterapeuta como um profissional que serve à Saúde.

 

logomarca_fisioterapia1

 

 

Fonte: http://fisioterapia.com/

Fonte: http://brasilescola.uol.com.br/